Teresina Gospel » Mensagens » O que todo cristão deve saber sobre o Natal – Parte 1

21 dez 2007 20 comentários »

O que todo cristão deve saber sobre o Natal – Parte 1

Parte 2 >>
Esta é uma série de estudos sobre o Natal, dividido em 5 partes. Comentários serão bem vindos!

DEVEMOS COMEMORAR O NATAL ?

“Mas para a terra que estava aflita não continuará a obscuridade. Deus nos primeiros tempos tornou desprezível a terra de Zebulom e a terra de Naftali; mas nos últimos tornará glorioso o caminho do mar, além do Jordão, Galiléia dos gentios. O povo que andava em trevas, viu grande luz, e aos que viviam na região da sombra da morte resplandeceu-lhes a luz.”

Tens multiplicado este povo, a alegria lhe aumentaste; alegrem-se eles diante de ti, como se alegram na ceifa e com exultam quando repartem os despojos. Porque tu quebraste o jugo que pesava sobre eles a vara que lhes feria os ombros, e o cetro do seu opressor como no dia dos midianitas; porque toda bota com que anda o guerreiro no tumulto da batalha, e toda veste revolvida em sangue serão queimadas, servirão de pasto ao fogo.”

“Porque um menino nos nasceu, um filho se nos deu, o governo está sobre os seus ombros; e o seu nome será: Maravilhoso, Conselheiro, Deus Forte, Pai da eternidade, Príncipe da Paz; para que se aumente o seu governo e venha paz sem fim sobre o trono de Davi e sobre o seu reino, para o estabelecer e o firmar mediante o juízo e a justiça, desde agora e para sempre. O zelo do Senhor dos Exércitos fará isto.” Isaías 9: 1-7

INTRODUÇÃO

NATAL – Palavra abreviada do termo “Natalício” e que significa nascimento. Hoje em dia falar de Natal é falar do dia 25 de Dezembro, nascimento de Jesus. Mas será que JESUS nasceu em Dezembro? Quando você se preocupa a ponto de procurar um dicionário ou um livro criterioso descobre-se que nosso calendário está tão errado que segundo cálculos, JESUS nasceu a mais ou menos cinco anos antes da data que fora estipulado pelo nosso calendário. Agora imaginem, se erraram o ano, quanto mais o dia !!! Segundo John D. Davis no seu dicionário da Bíblia, o mês aproximado do seu nascimento seria março.

Quão triste ficaria eu se meus familiares comemorassem meu aniversário em dezembro quando o mês certo fosse março!!!

O que todos pregam neste dia é: paz, alegria, presentes, lembranças e gratidão mas, a experiência tem demonstrado o a contrário. O período Natalino é marcado pela melancolia dos pais que não conseguem com os seus remidos salários satisfazerem os desejos de seus filhos!! Este espírito natalino ( que não procede de Deus) forjado no inferno tem marcado gerações inteiras com lembranças de humilhação, pelo preconceito, social, por um espírito enganoso de caridade quando na verdade por traz existe um capitalismo e adoração a ídolos.

Será que foi assim o nascimento de JESUS? Não, antes a palavra diz: “o povo que andava em TREVAS, viu grande LUZ, e aos que viviam na região da sombra da morte resplandeceu-lhes a LUZ.”

PORQUE VINTE E CINCO DE DEZEMBRO?

A palavra “Natal” tem a ver com nascimento, ou aniversário natalício, especialmente com o dia em que geralmente se comemora o nascimento de Jesus Cristo. Esta festa teve origem na Igreja Católica Romana e daí se expandiu ao protestantismo e ao resto do mundo.

E então, de onde tirou a Igreja Católica Romana? Não saiu do Novo Testamento – Não foi da Bíblia nem dos primeiros apóstolos que foram instruídos por Cristo – todavia, sabe-se que lentamente foi absorvida do paganismo pela Igreja católica Romana a partir do quarto século.

Desde que a celebração do Natal foi introduzida ao mundo pela Igreja Católica Romana, e inglesa, sob o título “Natal”.

“O Natal não era considerado entre as primeiras festas do Igreja… Os primeiros indícios da festa provêm do Egito.” Os costumes pagão ocorridos durante as calendas de Janeiro lentamente modificaram-se na festa do Natal”.

Também nas mesmas enciclopédias, sobre o tema “dia do Natal”, encontramos que a Orígenes, um dos patriarcas Católicos, reconheceu a seguinte verdade: ” …Não há registro nas Sagradas Escrituras de que alguém tenha comemorado uma festa, ou realizado um grande banquete no dia do seu aniversário. Somente os pecadores ( como Faraó e Herodes), que se rejubilam grandemente com o dia em que nasceram neste mundo.”

A Enciclopédia Britânica edição de 1946, afirma: ” O Natal não era contado nas primeiras festa da Igreja…” ” Não foi instituída por Cristo, nem pelos apóstolos nem autoridades bíblicas. Foi adquirida mais tarde do paganismo.”

A Enciclopédia Americana edição de 1944, declara:

“O Natal… não foi, de acordo de muitas autoridades no assunto, celebrado nos primeiro séculos da igreja Cristã porque o costume cristão, em geral era celebrar a morte de pessoas importantes em vez do nascimento. A “comunhão” instituída por autoridades no Novo Testamento, é o memorial desse acontecimento ( isto é , o nascimento de Cristo) no século IV. No século V, a igreja Ocidental deu origem, para que fosse celebrada para sempre no dia da antiga festividade romana em honra ao nascimento do Sol, porque não se conhecia ao certo o nascimento de Cristo.”

Agora veja! Estas reconhecidas autoridades históricas mostram que o Natal não foi observado pelos primeiros Cristãos , durante os primeiros duzentos ou trezentos anos desta era – um período maior que a história inteira do Brasil com uma República Independente! Foi absorvida na Igreja Ocidental, ou Romana, durante o século IV da era cristã. Se não a partir do século V que a Igreja Romana ordenou que se comemorasse oficialmente como uma festividade cristã!

Jesus não nasceu em 25 de Dezembro? JESUS nem se quer nasceu na estação do inverno!

Quando JESUS nasceu, ” Ora havia naquela mesma região pastores que estavam no campo, e guardavam durante as vigílias da noite o seu rebanho (Lucas 2:8).

Isto nunca poderia ter acontecido na Judéia no mês de dezembro. Os pastores recolhiam os rebanhos das montanhas e dos campos e colocavam-nos no curral no mais tarda até o dia 15 de outubro para protege-los do frio e da estação chuvosa que se seguia.

Veja que a própria bíblia fornece provas em Cantares de Salomão 2:11 e em Esdras 10:9-13, de que o inverno era uma estação chuvosa, não permitindo aos pastores permanecerem ao ar livre nos campos durante a noite.

“Durante a época da Páscoa (começo da primavera) era costume antigo dos judeus daqueles dias levarem as ovelhas aos campos e desertos, e recolhê-las ao começo das “primeiras chuvas”, afirma Adam Clark no seu Comentary, ( vol. 5, pág. 370, edição de New York ).

A seguir esta mesma autoridade declara: “Os pastores cuidavam dos seus rebanhos dia e noite durante todo e tempo que permaneciam fora…” as primeiras chuvas começavam no princípio do mês de “Marchesvan”, que corresponde parte dos meses de outubro e novembro do nosso calendário (começa as vezes em outubro), descobrimos que as ovelhas estavam nos campos ao ar livre durante todo o verão. E como os pastores não havia ainda nem recolhido os seus rebanhos, é um argumento provável que outubro não havia ainda nem começado, e que, conseqüentemente, nosso Senhor não nasceu em 25 de Dezembro, quando nenhum rebanho estava no campo; nem mesmo poderia ter nascido depois do mês de setembro, já que os rebanhos estavam ainda no campo durante a noite, apenas uma ocorrência cronológica… Veja as citações dos “Talmudistas em Lightfood.”

“Qualquer enciclopédia ou outra autoridade, poderá lhe dizer que Cristo não nasceu no dia 25 de dezembro. A enciclopédia Católica francamente testifica este fato.”

A data exata do nascimento de Jesus é inteiramente desconhecida conforme todas autoridades no assunto afirmam, muito embora se ou tivesse espaço disponível neste artigo, mostrar-lhe-ia passagens nas escrituras que, fortemente indicam que foi no começo do outono – provavelmente em setembro, aproximadamente seis meses depois da páscoa.

Se Deus desejasse que guardássemos e comemorássemos o nascimento de Cristo , Ele não teria ocultado tão completamente a data exata. Como esse costume pagão foi absorvido pela Igreja? Como surgiu no mundo ocidental este costume pagão?

A New Schaff-herzog Enciclopédia de Religious Knowledge (Enciclopédia de conhecimentos religiosos) explica-o claramente no seu artigo sobre o “Natal”.

Não se pode determinar com precisão até que ponto a data da festividade dependia da brunária pagã (25 de dezembro), que seguia a Saturnália (17-24 de dezembro) celebrando o dia mais curto do ano e o “Novo Sol”…

As festividades pagãs, Saturnália e Brunária estavam ademais profundamente arraigadas nos costumes populares para serem abandonadas pela influência cristã…

A festividade pagã acompanhada de bebedices e orgias, agradavam tanto que os cristãos viram com o agrado uma desculpa par continuar o celebrá-la em grandes alterações no espírito e na forma. Pregadores cristãos do Ocidente e do Oriente próximo, protestaram contra a frivolidade indecorosa com que se celebrava o nascimento de Cristo , enquanto os cristãos da Mesopotâmia acusavam os irmão ocidentes de idolatria e de culto ao Sol, por aceitarem com Cristã a festividade pagã.

Lembre-se de que o mundo era pagão. Antes do século IV, os cristãos eram poucos em número, embora aumentassem, eram perseguidos pelos pagãos. Porem, com a chegada de Constantino, ao mesmo nível do paganismo, o mundo romano passou aceitar esse cristianismo popularizado pelo imperador. Porém, lembre-se que ele haviam sido criados em costumes pagãos, dentre as quais 25 de dezembro era a maior das festividades idólatras. Era uma festa alegre com um espírito especial. Todos se divertiam! Não queriam renunciá-las.

Este mesmo artigo da enciclopédia Shaff-Herzog de conhecimento religioso, explica como a aprovação dada por Constantino, do domingo, dia em que os pagãos adoravam o sol e coma influência do maniqueísmo pagão que identificava o filho de Deus como o Sol físico, proporcionou a esse pagão do século IV, agora “convertidos” em massa ao “cristianismo” o pretexto necessário para chamar a festa de 25 de dezembro (dia do nascimento do deus-sol) de dia do nascimento do filho de Deus.

E assim foi que “o Natal” se enraizou em nosso mundo Ocidental!

Não importa que usemos outro nome, continua sendo a mesma velha festividade pagã de adoração ao Sol. A única coisa que mudou foi o nome ” Chame um coelho de leão se quiser, porém continuará sendo um coelho.”

A data foi fixada no ano de 440, afim de “Cristianizar” grandes festas PAGÃS realizadas neste dia. Dioniso, a quem os gregos chamavam o salvador, nasceu de uma virgem em 25 de dezembro. O mesmo com comemoravam o nascimento de Horus no mês de dezembro. Os antigos germânicos acendiam as fogueiras e celebravam um banquete no SOLSTICIO de inverno, esta era a mesma festa pagã dos escandinavos. Frey, filho de Odin e Frigga . Nasceu em 25 de dezembro.

Os druidas celebravam neste mesmo dia sua festa anual do fogo, durante a qual ardiam fogueiras em cima de todas montanhas. Em Roma se comemoravam nesse dia o nascimento do SOL INVICTO e também MITRA deus solar Persa. Em Roma se celebrava os saturnais ( mesmo estilo do bacanais) desde p doa 21 de dezembro até o final do ano.

O QUE ERA OS BACANAIS?

Antigas festividades romanas de orgias sexuais destinadas ao deus BACO ( para os gregos DIONIZO). Eram realizadas quando o sol entrava signo de capricórnio, ocorrendo assim na época do SOLSTICIO da primavera. Possuía o significado de implorar o aumento da claridade. A igreja “CRISTÔ fez coincidir a festa do NATAL com a comemoração romana dos BACANAIS. Sendo o Natal comemorado como a vinda da luz que é Cristo para salvação do mundo.

A bíblia diz em Deuteronômio 7:6 “Porque tu és povo santo ao Senhor tem Deus: o Senhor teu Deus te escolheu, para que lhe fosse o seu povo próprio, de todos os povos que há sobre a terra.”

“Vós porém, sois raça eleita, sacerdócio real, nação santa, povo de propriedade exclusiva de Deus, a fim de proclamardes as virtudes daquele que vos chamou das trevas para a sua maravilhosa luz.” ( I Pedro 2:9).

“Para fazerdes diferença entre o santo e o profano e entre o imundo e o limpo” (Levítico 10:10).


– publicou 600 em http://teresinagospel.com.br.

Primeiro site em Teresina - Piauí, com divulgação de shows, eventos, e cobertura de eventos. Envie sua matéria, notícias, lançamentos, release. Entre em contato pelo e-mail: teresinagospel@gmail.com

Contato do autor


Comentários (20)

  1. luis xv disse:

    pela historia e pela biblia, cristo nasceu no ano 3661 do calendario judeu, portanto dia e mes è uma igognita, uma matematica impussivel de resolver. ninquem sabe, mais ninquem mesmo.

  2. Gustavo disse:

    Todos temos que comemorar seja quando for,mesmo que em oração o nascimento de cristo indepemdentimente da data estipulada.Nao se tem a data especifica na biblia,para que nao se idolatrase a data,isto vai de cada cristão e sua fé…
    obs: opnião cada um dá a sua certo?!,Se não concorda,desculpa…não critique e sim mostre sua sabedoria…todos falam de união,de amar…mais o que vejo aqui são dispustas…e não estou aqui pra Desacatar a opnião de ninguém,quem somos nós…`
    É SÓ …!
    Obrigado !

  3. Cezar disse:

    Na minha opinião, se Jesus nasceu ou não no dia 25, pouco me importa, o que importa é celebrarmos sua vinda, sua existência, seus exemplos, ai cabe a cada um se comemora ou não, se preferirem ficar trancado sem ouvir música por que é pecado, sem ver televisão porque é pecado etc, então ao menos dá um tempinho pra sua biblia e vá pelas ruas fazer caridade, dar banho em mendigos, levar comida e agasalho a quem tem fome e frio, não basta ficar de joelhos sendo que não faz nada pelo seu semelhante, vai para o inferno do mesmo jeito, e não adianta também achar que porque tem ido com frequência a igreja que estás salvo, a salvação vem da caridade e do perdão e de enchergarmos todos como irmãos, Cristo nunca sequer sitou um nome de qualquer igreja criada pelo homem, quando surgiu a igreja registrada onde seus fiéis a defendem como times de futebol começou a guerra santa, começou o senso de indiferença entre as pessoas, então vamos abrir nossas cabeças e procurar entender melhor a pessoas de Jesus Cristo.

    • Você esta no mínimo desenformado… Jesus era Judeu já existia religião e Jesus pertencia a ela larga de se bobão e vai estudar… imberbe

    • Marco Moreira disse:

      Que a Graça e Paz real do Senhor JESUS que é nome sobre todos os nomes seja com todos que a esta resposta verem!
      bem vamos lá, eu considero o fato de que não devemos trocar a verdade pela mentira, a emoção pela razão e o conhecimento pela opinião

  4. willians disse:

    Para saber mais detalhes sobre a verdade sobre o natal, é só atender no proximo fim de semana quando uma Testemunha de Jeová bater à sua porta.

  5. araujo disse:

    Entendo a preocupação de alguns irmãos sobre a verdadeira data que Cristo nasceu, porém, vejo que esta preocupação torna-se em vão, quando nós focalizamos a bíblia numa dimensão maior, percebemos que não temos resposta para tudo, pois, Deus, nosso Pai, nos deixou apenas o suficiente para nossa fé. Falo sobre o nascimento de Jesus, por não haver uma especifica data, o importante é que independente da data, temos sim que comemorar o nascer de Cristo como homem e ao mesmo tempo o nascer de Cristo como Senhor em nosso coração. Eu pergunto: Será que Deus na pessoa de Jesus, fica triste em ver os seu servos, os seus remidos, que um dia confessaram e confessam publicamente que são de Cristo, será que Jesus se importa com esta comemoração? Sem o uso de coisas que não agradam a Deus como: bebidas alooolicas, tabachismo, drogas não liberadas, prostituição, exibicionismo etc..Vejo que Deus como a biblia nos confirma, é amor e sonda os corações daqueles que o temem. Como também o amado irmão me explica que milhares de homens e mulheres de Deus que receberam transformação, que recebem milagres da parte de Deus, “eu sou um destes milhagre de Deus” De repente pergunto: Vem da parte de quem estes milagres e inumeras bençãos para milhares de evangelicos, e mesmo assim, comemoram o natal de forma santa. Vejo que temos sim que comemorar o natal e fazer deste dia uma oportunidade para levar Cristo para nossa familia. Deus abençoe a todos! Sobre o argumento que os pagãos comemoravam um certo natal, tenho como argumento o seguinte: Deus nos permitem fazer uso de coisas e algo, que venham a engrandecer o seu nome. Vejamos: O trio eletrico na Bahia foi criado pra o louvor do nosso Deus? Claro que não. Foi para os carnavais da vida. Hoje usamos este instrumento de potencia de som, para proclamar o nome de Cristo.

    • Patricia disse:

      E encrivel como a vaidade humana fecha os olhos das pessoas para a verdade… tudo o que Deus mostra para nao se comemorar a nao ser que seja a seu pedido como a morte de seu fiho e pagão. Mas as pessoas sao tao futeis que querem aproveitar.. aproveite mesmo, mas aproveite da forma correta essa data, com muita orgia, bebedeira e sacrificios. Pra Deus so importa o que vc esta fazendo, quando esta correto com o que ele pede, ja que vc ja esta errado,leve e paganismo pra sua casa encha de luzes como o deus sol gostava de ser recebido em casa dos credores dele, compre sua arvore pra Ninrode poder renascer em sua casa. De uma coisa vc pode ter certeza Jesus te ama, e ele te deu todos os passos nas escrituras sagradas para poder ter um caminho tao perfeito quanto o que ele teve na terra, vc acha q se fosse pra comemorar seu aniversario ele nao teria deixado a data? como deixou de sua morte, nos aniversarios Biblicos morreram servor de Deus, e mesmo assim acha que Deus agrada dessa data, faça uma analise…. o caminho para Deus e correto sem influencia mundana… Pense nisso!!! e Por favorr tire de perto de seus filhos ou esposa se tiver e de toda sua familia coisas impuras, os faça feliz… e o que te desejo nao so nessa data imunda, mas todos os dias… e todoss os dias de sua vida agradeça e comemore o nascimento de Cristo, pois temos nossa salvaçao graças a ele,, agora e parte de vc querer tela!! Tudo de bom

    • willians disse:

      Cuidado Araújo, procure saber o que Deus pensa e não se estribe em sua própia sabedoria. PROVÉRBIOS 3:5

  6. eu li que a tres historias por tras do natal.1 o natal comemora o nascimento de Jesus,quando os tre magos levam presente a Jesus a seguda sobre a arvore criada por martinho lutero a arvore que ele viu na natueza erecriou pra infeitar a casa terceira bispo nicolau as tres se foram juntadas
    o que vc sabe sobre isto

  7. lutyano disse:

    Muito bom essa máteria sobre a o paganismo natalicio,DEUS próspere os caminhos de voçes que estão abrindo os olhos desta nação ELEITA DE DEUS,MUITO OBRIGADO A TODOS VOÇES.

  8. lutyano disse:

    Muito bom essa máteria sobre a o paganismo natalicio,DEUS próspere os caminhos de voçes que estão abrindo os olhos desta nação ELEITA DE DEUS,MUITO OBRIGADO A TODOS VOÇES.

  9. jorge amado disse:

    Todo tipo de comemoração não existente na bíblia tem origem pagã

  10. daniel disse:

    o cristao verdadeiro tem que comemorar, todos os dias o nascimento de cristo em seus coraçoes. nao so a data festiva de idolatria Deus ja nao deixou a data especifica, para nao idolatrase a data

  11. AILTON BORGES disse:

    considero ser importante o combate desta pratica pagão que altera a moral e os bons costumes

    ailton Borges
    JUIZ DE PAZ

  12. reinaldo souza da silva disse:

    querido irmão as suas arguemntações em relação aos presentes, salarios são pertimente. mas quero lembrar que o DEUS de Israel que é pai do Meu SENHOR JESUS, diz que ele esquadrinha os corações. Logo ele sabe quais as intenções de cada um. Veja quando ele disse para o povo de Israel “vocês me honram com os labios mais seu corações estão distante de mim. Ele disse no evangelio de joão mandaria o consolador que nos convenceria da justiça, juizo e do pecado, ainda disse que o consolador nos insianria sobre nascimento, vida e morte de cristo. observe nos não separamemos os dias segunda a domingo da pascoa para lembramos o principal motivo de Jesus ter nascido neste mudo. respeito sua opnião mais acho o mal não esta no dia 25 de dezembro mas na falta de orientação dos homem chamados por DEUS para pastorado, em nosso pulpitos estão mais enteressado em falar de prosperida mais não(lembram de habacuque)falam dizimos, ofertas, ganha salario de R$10.000,00, pertence a macionaria e estão nos pulpitos falando de JESUS mais estudando sobre GADU é isto que O DEUS DE ISRAEL E DE ABRAÃO ODEIA

    • Marco Moreira disse:

      Reinaldo, DEUS não leva em conta o tempo de nossa ignorância no entanto quando passamos a conhecer nos tornamos culpados em condições ate de imperdoáveis portanto cabe a cada um analisar de fato qual seja a vontade de DEUS Para cada situação e seguir a razão de DEUS é crescer no conhecimento após a Graça, favor imerecido, A Graça e a Paz do SENHOR JESUS, DEUS os abençoe!

  13. sara disse:

    A paz do SenhorJesus gostaria que o senhor me idicase algum livro ou tirase algumas duvidas ou melhor muitas duvidas sobre o arebatamento e sobre o momento que estamos vivendo agora…obrigada

  14. Anderson disse:

    Ques comentários mais tendenciosos.Eu comemora nada menos que o nascimento de Cristo,nada me importa se alguem comemora nesta data outras festas,não sou nenhum burro,se eu estou comemorando o nascimento de Cristo,é o nascimento de Cristo,seja na data que for.

  15. Deus nos primeiros tempos tornou desprezível a terra de Zebulom, mas tinha uma promessa de restauração pra ela em Gênesis 49:13 diz: “Zebulom habitará no porto dos mares e será como porto dos navios; e o seu termo será Sidom.”
    Exportação de Hortifrutigranjeiros(Comódities)?

Deixe comentário



Arquivos

Direitos Reservados desde 2007 a 2011. TERESINA GOSPEL® é marca registrada, de uso exclusivo. Fale com nossa redação ou comercial: CONTATOS. Promoção, Produção e Assessoria de Eventos e Shows em Teresina - Piauí. Desenvolvido por: Criar Sites e Blogs